Árabes e africanos

A Arábia e os árabes

- A Península Arábica: litoral e interior desértico.
- Localização de passagem entre a África e a Ásia.
- As tribos do deserto e os beduínos.
- O comércio e o contato com o Oriente.
- O politeísmo em Meca e a Caaba.
- A importância dos coraixitas.



O nascimento e a expansão do islã

- Maomé e as caravanas comerciais.
- O contato com o judaísmo e o cristianismo.
- A revelação do arcanjo e o culto à Alá.
- Islã, "submissão total a Deus".
- A relação entre Maomé e Ismael.
- A Hégira e a fuga de Maomé para Medina.
- A unificação de tribos e o nascimento do Estado.
- O Alcorão e a expansão religiosa.
- A jihad, a "guerra santa".
- Califas e califados: a sucessão do profetas.
- As conquistas da dinastia Omíada.
- A estratégia árabe: o estímulo à conversão.
- Os Abássidas e a decadência imperial.
- A aproximação dos turcos-otomanos.



Economia e cultura árabes

- As especiarias e a produção artesanal.
- A cultura árabe e os contatos culturais.
- Principais contribuições culturais:

Matemática: os algarismos indo-arábicos.
Química: o álcool, o sabão e o vidro.
Medicina: as doenças contagiosas.
Arquitetura: as mesquitas e os templos.

- A arte dos comerciantes: a negociação dos preços; o fiado; o parcelamento e a troca.
- A influência dos árabes na Península Ibérica e, consequentemente, no Brasil.

Os cinco pilares: o credo, a oração, a caridade, o jejum e a peregrinação.




Vale a pena conferir o filme-animação Persépolis  (2007), dirigido por Satrapi e Paronnaud, mas é preciso atenção porque o filme apresenta uma região islâmica contemporânea. É muito bacana para compararmos as características do "mundo islâmico" e do Ocidente!

video
Persépolis

Outro material bacana que explica algo um tanto complexo e atual. Boa leitura!


A África dos reinos islamizados

- Coexistência de povos nômades e sedentários.
- Os reinos ao sul do Saara e os maributos.
- O Reino de Gana, a "terra do ouro".
- A importância da produção e do uso do sal.
- O gana, seus auxiliares, e a escrita árabe.
- O Império Mali e o poder o Mansa musa.
- As destacadas cidades de Djenne e Timbuctu.
- O Reino de Gao e o Império Songhai.
- A sacada da Universidade de Sankore.

A mitologia iorubá e as raízes religiosas afro-brasileiras


Falando em África, você conhece a história da capoeira? Não? Então, assista ao vídeo e fique por dentro não só dessa manifestação de raiz africana e negra, mas de outras, diversas, ligadas à capoeira:


Assim como os americanos são todos os nascidos na América, os africanos são todos nascidos na África. E, como sabemos, as culturas americanas não são iguais. Logo, o uso dos termos "norte-americanos" e "americanos" para os "estadunidenses" são usados erroneamente. As culturas africanas também não são iguais. Sugestão: que tal pararmos de generalizar e batalhar para identificar as diferenças políticas e culturais dos dois continentes!


video
Kirikou e os animais selvagens (2005), 
dirigido por Michel Ocelot e Bénédicte Galup.

2 comentários:

  1. Marcos Felício 7 ano I

    Professor muito obrigado pelo post ajudou muito a estudar.

    ResponderExcluir